Você se interessa pela carreira de RH? Saiba tudo sobre a profissão.

Publicidade

A área de RH (Recursos Humanos) como é conhecida, é uma boa opção de curso para pessoas que possuem aptidão  em gestão humana, bem como lidar com diversas pessoas. Por isso,  essa profissão é essencial para empresas que precisam de profissionais qualificados para cuidar de seus funcionários.

Portanto, você que se interessa pela área já deve saber a carreira administrativa é bastante voltada para o perfil de profissional interno, o mesmo que além de cuidar da setor burocrático também atende ao quadro de funcionários de uma empresa. Por isso,  nós da equipe Boas Ideias vamos te explicar o que exatamente faz um gestor de RH, e além disso qual a carreira que esse profissional pode seguir. Acompanhe!

O que é Recursos Humanos?

Acima de tudo, os recursos humanos mais conhecido como RH, é uma área que trabalha ”dentro’’ das empresas, cuidando especificamente das pessoas que contribuem para ela, em outras palavras, os funcionários além de  distribuir tarefas, impulsionar e incentivar o máximo dessas pessoas para melhores resultados para ambos.

No entanto esse profissional é responsável por erguer os contribuintes, ajudando e colaborando para os funcionários resultarem no melhor de si e consequentemente sempre valorizando os trabalhadores.

Qual são as funções do RH

Contudo, o RH está muito além de ser só uma área de contratação, como é visto sempre pelas pessoas. Ou seja, eles são responsáveis pela boa cooperação e desempenho da equipe de trabalho. Além disso, a atuação do profissional pode ser no departamento pessoal, que é organizando burocracias de treinamento da equipe, trabalhando com remuneração e toda área trabalhista de uma empresa. Confira a seguir a metodologia de 4 pilares usados pela profissão de gestão de pessoas:

  • Motivação: para dar um gás nos funcionários o pilar de motivação é usado dando promoções, benefícios, home office entre outros;
  • Comunicação: sem esse pilar os profissionais não geram resultados, para isso é feito feedbacks e diálogo entre os contribuintes;
  • Trabalho em equipe: os funcionários precisam ser estimulados pelos gestores de RH, para isso o apoio colaborativo é essencial;
  • Conhecimento e competência: a empresa junto com o RH deve proporcionar conhecimentos para que eles tenham competências no trabalho, através de benefícios para cursos;
  • Desenvolvimento e treinamento: para ter o resultado, é preciso treinar, para isso os gestores têm que identificar o que impede o crescimento e o desenvolvimento dos funcionários, fazendo com que eles aprendam para fazer.

Quais setores o profissional de RH pode atuar?

Dentro do RH existem vários setores, cada setor é responsável por uma parte na empresa. Por isso, citaremos a seguir os setores específicos em que o profissional pode atuar. Veja quais são:

Publicidade
  • Departamento pessoal: responsável pelas burocracias, garante que as leias trabalhistas sejam aplicadas corretamente;
  • Recrutamento: cuida da integração de novos funcionários na empresa, divulgando vagas e faz planejamento de seleção;
  • Remuneração: o RH tem que diferenciar cada cargo na empresa, e qual é a remuneração de cada funcionários de cada cargo;
  • Benefícios: além da remuneração de cada funcionários, é preciso de benefícios para incentivar o empregado, como, por exemplo, vale-refeição, vale-transporte entre outros;
  • Segurança no trabalho: É extremamente importante que nesse setor empresas garantam segurança aos trabalhadores, reduzindo então riscos e prevenindo para que seus funcionários não adoeçam.

Remuneração do profissional

O profissional com formação tecnólogo e com o bacharelado ganham salários distintos de acordo com o cargo, o piso salarial dos profissionais segundo o CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) a remuneração do profissional superior em 2019 foi calculada em R$3.580,37. Enquanto o tecnólogo tem o salário um pouco menor ao profissional quem possui uma graduação, chegando a R$2.809.

Acompanhe a seguir os pisos salariais para um dos cargos mais altos em RH:

  • Administração (júnior) — R$ 2.500 a R$ 5.000;
  • Pleno — R$ 4.000 a R$ 8.000;
  • Sênior — R$ 5.000 a R$ 10.000;
  • Coordenador — R$ 7.000 a R$ 13.000;
  • Gerente de administração de pessoal — R$ 13.000 a R$ 25.000;
  • Analista generalista (júnior) — R$ 4.000 a R$ 7.000;
  • Analista de comunicação interna (júnior) — R$ 3.000 a R$ 5.500;
  • Analista de seleção e recrutamento (júnior) — R$ 3.000 a R$ 6.000;
  • Analista de treinamento e desenvolvimento de pessoas (júnior) — R$ 3.000 a R$ 5.000.

Grade de estudos de RH

Como parâmetro para o interessado na área de RH filtramos e analisamos as principais matérias que são usadas nas grades curriculares das principais universidades do país. Confira:

  • Economia;
  • Princípios de Administração e Marketing;
  • Probabilidade e Estatística;
  • Administração de Cargos e Salários;
  • Recrutamento e Seleção de Pessoas;
  • Remuneração Estratégica;
  • Treinamento e Desenvolvimento;
  • Consultoria em Recursos Humanos;
  • Empreendedorismo;
  • Fundamentos de Sociologia Aplicada às Organizações;
  • Planejamento Estratégico e de Recursos Humanos;
  • Projeto Multidisciplinar de Recursos Humanos;
  • Tecnologias da Informação e da Comunicação Aplicadas aos Negócios;
  • Administração de Departamento Pessoal;
  • Direito Aplicado aos Negócios;
  • Gestão de Pessoas;
  • Psicologia do Trabalho;
  • Segurança e Medicina do Trabalho.

Confira as principais universidades para ingressar no curso

As universidades mais renomadas, reconhecidas e bem avaliadas pelo Ministério da Educação (MEC) são:

  • Universidade Anhanguera;
  • Cruzeiro do Sul (á distancia)
  • Centro Universitário UNIBTA;
  • UNIFACEX (Centro Universitário Facex);
  • UNICESUMAR (Centro Universitário Matingá).

E aí, se interessou pela carreira? faça a matrícula e aproveite tudo que essa profissão pode te proporcionar. E para você que ainda ficou em dúvida sobre essa graduação, enquanto isso faça o teste vocacional e veja se essa profissão tem a sua cara!

Publicidade

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário