Nova moda para ser contratado, confira 6 dicas de como fazer um curriculo impecavél

Segundo a Harvard Business Review, um recrutador leva mais ou menos 7 segundos para ler um currículo. Por isso, no mercado de trabalho que está cada vez mais concorrido, ter um currículo bem estruturado além de agregar valor para o processo seletivo, também é uma forma vantajosa na competição.

Publicidade

No entanto, para definir um currículo ruim é só olhar fontes extravagantes, erros de ortografias, fotos não profissionais e falta de informações. Então, exatamente como um cartão de visitas, o currículo é um papel que define quem é o candidato. Com isso, mesmo que o candidato possui um vasto currículo cheio de experiências e estudos, se o mesmo não sabe se apresentar, a chance de atrair uma empresa são pequenas. Neste artigo, vamos reunir diversas dicas para ajudar você a montar um currículo que se destacará no processo seletivo.

A importância de ter um currículo impecável

Primeiramente, quando falamos de um currículo bem montado, o principal objetivo é chamar atenção do recrutador. Porque o currículo é a chave principal para entrar em uma empresa e empregos renomados. Então, um currículo deve conter um conteúdos de alta qualidade, antes de mais nada elogiando as experiência desenvolvidas no decorrer da vida do candidato, bem como as informações que mais interessam ao contratante.

Publicidade

No entanto, um currículo preciso é um currículo que carrega atributos com base nas vagas disponíveis. Se a área de especialização do candidato for comunicação, o documento deve conter informações que indiquem que ele compreende essa área. Agora, outro fator importante: seu currículo deve conter informações detalhadas sobre sua carreira. Não basta preencher o nome da empresa e o cargo que ocupa. Escrevas as funções no qual já trabalhou, habilidades e coloque principalmente informações verdadeiras.

O que um currículo bem estruturado deve levar em consideração

Com essas dicas imperdíveis que listaremos a seguir sobre a montagem de um currículo, o que deve conter e como as informações precisam ser divididas, a chance de o recrutador analisar e chamar o candidato para uma entrevista é grande, veja:

Publicidade
  1. Seja claro e objetivo

Primeiro de tudo, imagine-se como um recrutador. Ao anunciar vagas, é comum uma empresa, principalmente as mais conhecidas, receber dezenas de currículos todos os dias. Então, com tantas opções para visualizar, a última coisa que desejam é um currículo de duas ou três páginas contendo experiências e cursos que não são adequados para uma determinada vaga de emprego. Por isso, adicione apenas cursos, experiências profissionais e treinamentos que sejam diferentes e importantes para a vaga. Por exemplo, se você está se candidatando a um cargo de gerência ou estágio, os cursos de atuação não o ajudarão a conquistá-lo.

  1. Tamanho e formato adequados

A objetividade do currículo acaba se refletindo em sua escala. Não há regulamentos oficiais sobre o número correto de páginas, mas o ideal é que eles não excedam duas páginas. Quanto ao formato, use fontes fáceis de ler como Arial, Verdana e Times New Roman, o tamanho do texto é 12, o título e subtítulo são 14 ou 16 e as cores automáticas do editor de texto. Divida bem todas as informações e como um layout mais claro. Se o seu currículo estiver impresso, por favor, use uma folha de papel A4 branco.

Agora, muitas carreiras como design, preferem candidatos mais criativos, que demonstram sua criatividade por meio de um bom portfólio virtual e cursos inovadores. Portanto, caso a sua vaga não seja para áreas que usam a criatividade, utilize o formato normal.

  1. Informações precisas e verdadeiras

Contudo, cada curso requer uma série de informações básicas sobre educação, experiência profissional e cursos. Então, o mais importante a esse respeito é não mentir. Em algum ponto do processo de recrutamento ou avaliação, você pode ser confrontado e não saber o que fazer. Portanto, pela sua imagem pessoal, não minta. Mesmo se você achar que não tem as qualificações ideais, talvez essa empresa possa ver mais em você. Não há nada mais apreciado do que profissionais de renome em quem possam confiar.

  1. Dados pessoais

Este tópico coleta todos os seus dados pessoais e como a empresa entra em contato. Por isso, as informações básicas são nome, data de nascimento, cidade e estado (Sem usar endereço exato da sua casa), além de família, celular, e-mail e rede social, caso queira compartilhar com o avaliador.

  1. Cuidado ao inserir fotos

Fazer upload de fotos ou não fazer? Para quem busca habilidades para construir um currículo, esse é um dos principais problemas. Há alguns anos, a empresa exigia que as fotos fossem anexadas ao conteúdo. Atualmente, não é mais necessário. No entanto, se precisar enviar fotos no edital de vaga, tome cuidado. Insira uma foto de alta resolução em um fundo branco. Nem pense em enviar selfies ou fotos relaxantes. Afinal, essa será a sua imagem profissional na empresa, portanto, mantenha sua expressão e aparência formal. É melhor usar um tamanho 3 × 4 para que a imagem não “roube” muito espaço do currículo.

  1. Coloque pretensão salarial apenas quando a vaga pedir

A situação ideal é excluir as exigências salariais do currículo. A exigência de altos salários pode fazer com que a empresa o exclua antes mesmo do próximo estágio. Portanto, algumas vagas já anunciam o pagamento da mensalidade aos profissionais em suas vagas, mas caso você não o faça, o melhor é ter uma conversa pessoal com o recrutador durante a entrevista. Para finalizar, não esqueça que o currículo é uma biografia pessoal, seja verdadeiro e profissional. Se você gostou das nossas dicas de como estruturar um currículo impecável, compartilhe com o máximo de pessoas que puder.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário