Jovem Aprendiz SENAI: Como participar do processo seletivo?

Publicidade

O Programa Jovem Aprendiz do Senai é uma junção de aprendizado e escola de ensino para capacitação profissional ao jovem inexperiente que almeja ingressar no mercado de trabalho. A parceira entre o programa e empresas nasceu com o intuito de auxiliar o jovem a dar início a sua vida profissional de forma segura e legal. Afinal, sabemos quão difícil é conquistar o primeiro emprego sem experiência.

Por isso, elaboramos este conteúdo para quem procura dicas de oportunidade para o primeiro emprego. Acompanhe e saiba tudo sobre um dos principais programas que já abriu porta a milhares de jovens brasileiros.

Como funciona o Jovem Aprendiz Senai?

A lei aprendizagem, foi criada a partir de um decreto no qual exige que empresas que possuam mais de 5 funcionários devam ter de 5% a 15% dos empregos voltados para jovens aprendizes. Portanto, essa lei garante benefícios aos jovens participantes do programa como, por exemplo, salário compatível com o cargo entre outros. Posteriormente, vale lembrar que esses benefícios e salários variam de acordo com cada empresa.

Portanto, o Serviço Nacional de Aprendizagem (SENAI) disponibiliza a jovens de baixa renda, cursos profissionalizantes em diversas áreas para que o jovem se prepare para o mercado de trabalho e encare a realidade do mercado de trabalho com segurança e conhecimento. Nas instituições gerais do SENAI, os cursos são industriais e totalmente gratuitos, que tem no nível de médio a superior.

Cursos profissionalizantes do SENAI

Contudo, existem muitos cursos com aproximadamente 45 modalidade. Porém, citaremos a seguir os que mais recebem inscrições. Confira a seguir:

  • Eletricista;
  • Assistente de administração;
  • Auxiliar de produção gráfica;
  • Soldador;
  • Auxiliar de padeira e confeitaria;
  • Cursos na área automotiva;
  • Logística;
  • Costureiro Industrial de Vestuário;
  • Auxiliar de linha de produção;
  • Assistente de operações em processos de fabricação de alimentos;
  • Entre outros.

Quem pode ser Jovem Aprendiz no SENAI?

Todo jovem que atender os requisitos, além dos que já trabalham em empresas com parceria no SENAI, estão aptos se inscreverem no programa. No entanto, vale lembrar os requisitos. Veja quais são:

Publicidade
  • Ter entre 14 a 24 anos;
  • Estar matriculado no ensino médio, ou ter concluído;
  • Não ter carteira assinada;
  • Ter renda familiar inferior a 2 salários mínimos;
  • Ser aluno das escolas públicas ou ter sido aluno.

Depois disso, é importante frisar que os últimos critérios citados acima podem variar de cada unidade SENAI. Por isso, não se esqueça de verificar as regras nos sites oficiais da instituição mais próxima de você.

Vagas

As vagas para o Jovem Aprendiz Senai podem variar de empresa para empresa na qual contrata o jovem interessado em participar do programa. Por isso, o ideal é entrar em contato com a unidade Senai mais próxima e informar-se sobre as empresas parceiras para que então, você registre seu interesse em alguma delas para participar do programa.  Para saber qual a unidade Senai da sua região acesse seu site oficial aqui, role a barra até o final da página e selecione seu estado no quadro laranja.

Como se inscrever?

Em suma, a inscrição do jovem no programa é dever da empresa contratante. Pois, é ela quem selecione os jovens que já fazem parte do seu quadro de funcionários e os inscrevem em algum curso de Aprendizagem Industrial participante do programa Jovem Aprendiz. Portanto, para fazer parte do programa Jovem Aprendiz Senai basta encontrar as empresas parceiras do programa e registrar seu interesse em fazer da mesma.

VEJA TAMBÉM: Home office: A nova onda de empregos remotos e a diversidade de vagas disponíveis no mercado. Confira!

Publicidade

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário