Descubra qual a diferença entre os programas de Estágio e Jovem Aprendiz

Publicidade

Nos dias atuais uma considerável fatia do mercado de trabalho é ocupada por pessoas dentro dos programas de estagiários e Jovem aprendiz. As empresas procuram cada vez mais inserir jovens inexperientes para ocupar essa modalidade de emprego disponibilizando então sua primeira oportunidade na vida profissional.

Contudo, as empresas estão sempre exigindo menores experiências se comparadas as de cargos efetivos. No entanto, aprendiz e estagiário têm funções distintas . Você sabe a diferença entre às duas opções de emprego? Continue acompanhando o nosso artigo para conhecer melhor as diferenças entre um estagiário e um jovem aprendiz e assim então decidir qual sua melhor escolha.

Programas de estágio e Jovem Aprendiz. Qual a diferença?

De início, é preciso esclarecer que ambas modalidades tende a ter o mesmo objetivo de integrar jovens no mercado de trabalho. A função do estagio é acrescentar conhecimentos juntamente com os estudos para maior experiências na jornada profissional. Portanto, o Jovem Aprendiz  é um programa de preparação para o primeiro emprego do jovem com idades entre 14 e 24 anos, e já ter completado ou estar cursando o fundamental e médio.

Sobre Estágio

É um emprego educativo supervisionado pela universidade que ajuda os estudantes a desenvolverem habilidades para o mercado. O principal objetivo é acrescentar conhecimentos e habilidades  para a integração de trabalho, possibilitando o jovem a colocar em prática todo o conhecimento que foi adquirido em aula. Afinal, essa modalidade é uma ferramenta de cunho pedagógico, com o principal objetivo de total imersão dos jovens na área profissional.

Descubra qual a diferença entre os programas de Estágio e Jovem Aprendiz
Descubra qual a diferença entre os programas de Estágio e Jovem Aprendiz

Quais pessoas podem estagiar?

Portanto, para fazer parte do estágio supervisionado, é necessário que tenha a idade igual ou superior a 16 anos, e esteja frequentando o ensino médio, técnico ou superior. Todavia, para fazer parte desse processo é preciso comprovar que esta frequentemente matriculado em uma instituição, usando como prova o Atestado de Matricula fornecido pelas companhias em que estão matriculados.

Publicidade

Quais são as modalidades de estágios?

Assim sendo, existem duas categorias de estágio: obrigatório e não-obrigatório. O nome em si já diz, o obrigatório é um requisito para a formação dos estudantes de diversos cursos para que o mesmo obtenha um diploma de qualificação profissional. Entretanto, o não-obrigatório é uma escolha opcional, onde o estudante por si próprio escolhe se inserir no mercado de trabalho para adquirir habilidades profissionais. Portanto, a legislação brasileira garante que estágios não-obrigatórios tenham consequentemente direito a bolsa-auxilio, sendo obrigatório a remuneração.

Carga horaria de estágio

A carga horaria de trabalho diariamente é definida entre a instituição, empresa e estagiário, em caso de menores de idade é importante que o representante legal do estudante assine um termo concordando com as horas trabalhadas.

Portanto, é necessário ter no contrato de Compromisso de Estágio as informações sobre as horas trabalhadas, é de suma importância que seja compatível com a lei de estágio n°11.788/2008. Por isso, as atividades devem seguir os seguintes horários:

  • A carga horaria para estudantes do ensino fundamental e educação especial é de quatro horas diárias com o total de 20h semanais;
  • Os estudantes do ensino superior, trabalham seis horas diária, com o total de 30 horas semanais.

Aprendiz Legal

Primeiramente, é importante citar que Aprendiz Legal é um termo pouco usado para chamar os estudantes na função de Aprendiz, o correto é Jovem Aprendiz.

O Jovem Aprendiz é um programa de imersão de jovens entre 14 e 24 anos no mercado de trabalho, com garantia da lei de aprendizagem n°10.097/2000. Contudo, esse programa ajuda na contribuição de jovens no mercado de trabalho para o seu primeiro emprego, mostrando para as empresas que é uma vantagem ter jovens aprendizes nas companhias.

Quem pode fazer parte do programa Jovem Aprendiz?

Para fazer parte desse programa é necessário cumprir alguns requisitos, entre eles: ter entre 14 e 24 anos como citado a cima, estar cursando o ensino médio ou ter completado. É importante frisar que a idade não se aplica a aprendizes com deficiência (PCD).

Carga horária do Jovem Aprendiz?

A duração dos períodos de trabalho dos jovens que estão concluindo o ensino fundamental não pode passar de seis horas diárias. No entanto, para os jovens que estão no ensino médio a carga horaria diária a ser cumprida pode ser de até oito horas. Mas é importante que nessas cargas horarias estejam inclusos os cursos profissionalizantes que estão previstos na lei de aprendizagem. Em suma é importante saber, que esses jovens não podem fazer compensação de hora extra e, trabalhar depois das 22h e nem antes das 5h.

Você gostou dessas modalidades de empregos? Então, aproveite e venha dar uma olhada no nosso site, possuímos bastantes artigos sobre os cursos superiores e processos seletivos de empresas que contratam Jovens Aprendizes.

Leia também: Jovem aprendiz Lojas Americanas: Saiba tudo sobre o programa!

Publicidade

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário